sexta-feira, 9 de junho de 2017

Quem manda em você?

Como adverte João Paulo II, o mundo dá a fraqueza humana "uma certa aparência de respeitabilidade com a ajuda da sedução e a aprovação da opinião pública."

O mundo diz-me: " Você em primeiro lugar. Você é o numero um. Tudo gira em torno de você."
Mas Deus diz-me: "Você tem de pôr-me em primeiro lugar, os outros em segundo, e você em terceiro."

O mundo diz-me: " O que será melhor para você, para sua economia, a sua carreira, o seu grau de instrução?"
Deus pergunta-me: "O que será que o aproxima de mim?"

O mundo diz-me: "Os filhos são um fardo econômico. Você tem de avaliar as vantagens e as desvantagens de ter um filho antes de concebê-lo. Os filhos interferem na sua carreira profissional, estragam seu corpo e dão cabo dos neurônios com o trabalho que é cuidar deles."
Deus diz-me: "Os filhos são um dom supremo do matrimônio, porque manifestam o poder do amor de gerar vidas."

O mundo aconselha-me: "Se você teve um aborto natural, não tem porque passar por isso novamente. Não se arrisque à dor; evite-a a todo custo. Não se arrisque a uma nova perda. Seria um disparate."
E Deus declara: "Eu redimo tudo; posso redimir o sofrimento do aborto. Posso redimir a dor e o sofrimento da gravidez e do parto. Tudo na vida- sejam alegrias ou sofrimentos-, oferecidos a mim, tem um sentido, embora nesta vida talvez você não saiba qual é. A minha dor dá sentido à sua dor."

O mundo proclama: "Não perca sua identidade. Controle sua vida. Você não precisa dos homens. Ou, se quer um homem, vá e case-se, mas arrumem dois ordenados e não tenham filhos. Se você quer um ou dois filhos para constituir uma típica família, muito bem, mas cuide de esterilizar-se depois, para poder controlar o seu futuro."
Mas Deus afirma: " Você tem de admitir que não tem o controle de nada, mas o bom é que sou Eu quem controla tudo; você não conhece o futuro, mas Eu sim. Pode confiar em mim."

O mundo diz-me: "A Igreja Católica pode demasiado quando lhe diz que atue contra sua consciência. Mete-se no seu quarto de dormir e reclama direitos. Você tem de ser fiel a si mesma. Afinal de contas o padre fulaninho diz que está tudo bem, você continua a ser um bom católico."
E Deus diz-me: " Não se trata de você estar de acordo com a Igreja, mas de obedecer ou não a mim, que falo através da minha Igreja."

Kimberly Hahn (trecho do livro O amor que dá a vida)

Quando li  pensei... o que tem regido minha vida: O mundo ou Deus???
Te faço esse convite, de questionar a si mesma, quem tem te influenciado quando o assunto é abertura a vida?

Paz e bem...






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...