quarta-feira, 9 de novembro de 2016

O começo do ataque feminista

-Fabiana, você sabia que a cada 12 segundos uma mulher é violentada no Brasil? E ainda sim critica o feminismo?
-Você sabia que de acordo com a onu, 7 em cada 10 mulheres no mundo já foi ou será violentada? 
-Acha que a postura de "dona de casa" vai ajudar a melhorar?
-Fica aí passando e lavando enquanto feministas viajam e ganham dinheiro!
-E os homens??? Não precisam aprender serviços domésticos?

bla bla bla bla bla...

Eu sabia que o tema do nosso último vídeo iria render... E me preparei pra isso. Coloquei os comentários em análise, não estou aberta a discutir com feministas. Geralmente elas não querem ouvir, querem apenas atacar. Estudo o feminismo a anos e cada vez mais estou certa: não quero isso pra mim.

Você acha mesmo que o feminismo ajuda a mulher que sofre violência? Por favor pare para pensar... O que vemos do feminismo atual? Mulheres que não querem ser vistas como objeto de  desejo sexual mas saem para protestar nuas. Exigem respeito, mas não respeitam principalmente quando se trata de cristianismo. São a favor da liberdade da pessoa desde que essa pessoa esteja nascida, pois se está no ventre não tem direito a nada.
Quando algo de ruim acontece com elas, correm pra internet fazer "textão".
Eu desconfio dessas estatísticas sobre a violência por questões óbvias: Se a cada 12 segundos uma mulher sofre violência, seriam 2.628.000 mulheres estupradas por ano no Brasil. O número real é próximo de 50.000. (52.560 vezes menor). Precisamos urgente de justiça mais rigorosa e não de passeatas com mulheres de seios de fora.

O fato de no vídeo eu passar roupas também incomodou. Por que? Porque elas pregam que você pode ser o que você quiser, mas É MENTIRAAAAAA!!! Se isso fosse verdade, não poderia eu ser uma simples dona de casa?
Não! Não posso. Deveria estar viajando e gastando meu dinheiro, de acordo com a mulher que foi lá deixar seu comentário.
Veja bem, estou aqui para cuidar de minha casa de minha família, porque essa é minha vocação e NÃO, não acredito que feliz é quem está viajando ou ganhando dinheiro. Feliz é quem leva sua família para o céu. Lá é nosso lugar, nossa meta!
Continue aí ganhando dinheiro e me deixe aqui ganhando outras coisas mais essenciais pra nós! Simples assim.
Sim, trabalhamos (eu dentro e meu marido fora), também dependemos do dinheiro para o nosso sustento, mas não temos amor a ele. Aí está a grande diferença.

Os homens podem e devem aprender serviços domésticos, eu disse que não podem? Alias, tenho 3 filhos e eles aprendem comigo como cuidar de uma casa, o que isso tem a ver com o tema em questão?! Tem feminista que se sente tão menor que o homem, que o tempo todo fica cobrando o que eles deveriam fazer. Minha dica: faça a sua parte, resgate seu valor que você encontrará homens de verdade.

Não paro por aqui, quero falar mais com vocês de feminismo e outras prisões.
Vamos juntas em busca de sermos mulheres segundo o coração de Deus. Amém?

Assista o vídeo e entenda um pouco do que estou falando:

Paz e bem...




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...