quinta-feira, 23 de abril de 2015

Posso comungar mesmo não vivendo castidade no namoro?

Recebi a seguinte pergunta:

Tenho uma vida sexual ativa com meu namorado, namoramos a algum tempo e optamos por viver assim. Eu vou à Missa e comungo sempre, é para mim fonte de sustento e força, porém, ouvi dizer que não posso comungar. Como assim, a Igreja me proíbe de comungar porque não vivo castidade no namoro? A comunhão não é para os pecadores?

O sacramento da Eucaristia é o maior de todos os sacramentos, porque, “ao passo que nos outros sacramentos está contida uma certa virtude instrumental participada de Cristo, nele está contido o próprio Cristo substancialmente" (São Tomás de Aquino)

Comungamos o CORPO E SANGUE de nosso Senhor Jesus Cristo. Não é simplesmente uma força ou um sustento. Muitos tem uma visão distorcida do que de fato é a Eucaristia, de sua importância e finalidade.

Olha só o que nos diz a Palavra de Deus:
Portanto, todo aquele que comer o pão ou beber o cálice do Senhor indignamente será culpável do corpo e do sangue do Senhor. Que cada um se examine a si mesmo, e assim coma desse pão e beba desse cálice. Aquele que o come e o bebe sem distinguir o corpo do Senhor, come e bebe a sua própria condenação. (I Cor 11, 27-29)

A Igreja então define os pecados mortais e os veniais, para que eu não comungue minha própria condenação. Os pecados veniais não podem me afastar da comunhão, o Papa Francisco disse:
"a Eucaristia não é um prêmio para os perfeitos, mas um remédio generoso e um alimento para os fracos"
O pecado venial é aquele que nos enfraquece, portanto, a Igreja não quer negar a comunhão aos pecadores, e nem poderia, mas no caso de pecado mortal (grave) a Igreja nos instrui a recorrer antes a confissão, pois o nome já diz, ele é mortal:

Quem está consciente do pecado grave não comungue o corpo do Senhor sem fazer antes a confissão sacramental. A não ser que exista causa grave e não haja oportunidade de se confessar. (Código de direito canônico 916)
Segundo o mandamento da Igreja, todo o fiel que tenha atingido a idade da discrição, está obrigado a confessar fielmente os pecados graves, ao menos uma vez ao ano. Aquele que tem consciência de haver cometido um pecado mortal, não deve receber a sagrada Comunhão, mesmo que tenha uma grande contrição, sem ter previamente recebido a absolvição sacramental; a não ser que tenha um motivo grave para comungar e não lhe seja possível encontrar-se com um confessor. (Catecismo da Igreja nº 1457)

Pecado mortal é aquele que é grave, normalmente contra um dos dez mandamentos: matar, roubar, adulterar, prostituir, blasfemar, prejudicar os outros, ódio, etc. é algo que nos deixa incomodados.
Quando faço sexo antes do casamento estou pecando contra castidade, contra o sexto mandamento, portanto, É PECADO GRAVE, MORTAL.

Percebo que você está incomodada com o pecado, por isso, fez essa pergunta. O Espírito Santo está te alertando, e no amor venho te dizer:
Saia desse pecado, convide seu namorado experimentar o livre amor no namoro. Olhe para Sagrada Comunhão não somente como um sustento, olhe como o grande sacrifício de Jesus, veja o corpo do nosso Senhor, é impossível que seu coração não se encha de temor e amor!
E procure confissão. Não permita que o pecado te afaste de Cristo, lute, sinta a alegria que vem do sacramento da confissão. Experimente essa liberdade!
Quando o Senhor diz "não" para algo é porque aquilo nos mata, o "não" de Deus é para nos proteger.

Deus te abençoe!





27 comentários:

  1. Aprendo cada dia mais com seus post. Parabéns, vc consegue nos tocar com simples palavras abençoadas. Sempre reflito muito atraves deles e repasso as minhas amigas. Que Deus te abençoe e renove smp esse lindo ministério. Beijos ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh princesa....... obrigada! Guardo suas palavras em meu coração, para que o Espírito Santo possa usá-las para me recordar nos momentos difíceis da caminhada!
      Deus te abençoe!

      Excluir
  2. Estou sofrendo muito com a falta de castidade no meu namoro. Quero comungar, fazer a Consagração a Nossa Semhora, mas para isso devo parar de cometer esse pecado. Já conversei com meu namorado sobre isso de pararmos de fazer sexo, porém ele disse que não concorda, caso eu queira que eu ache alguém que pense como mim. Ele é uma ótima pessoa, me trata super bem, carinhoso, trabalhador, vai à missa comigo, não queria terminar, não sei o que eu faço, me ajude! Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acredito que ele tem razão quando diz que vc deve procurar quem pensa como você.

      Clara, São João Paulo II na teologia do corpo, nos ensina que a castidade é o garante o amor. Sem castidade não há amor, pois o contrário de amor é usar.
      Ele está te usando, não está te amando. Quando vc cita as qualidades dele, eu acredito que ele seja realmente essa ótima pessoa, porém, não é católico (ir a Missa sem querer ter a honestidade de viver o que lá se pede é hipocrisia) e NÃO TE AMA.
      Entendo que não queira terminar com ele, porém, está terminada de Cristo na Eucaristia.
      A escolha é sua...
      Pense nisso!

      Beijos...
      Paz e bem...

      Excluir
  3. Meu pai é muito rigoroso quanto a isso, tenho 23 anos e namoro com um cara de 30. Uma pessoa que sempre pedi a Deus nas minhas orações, porem meu pai é muito ignorante. Porque ele diz que o meu namorado so quer me usar, que ele vai me tirar da comunhão, que eu nao to vivendo a castidade no meu namoro e o demonio ta usando meu namorado pra me afastar de Deus. O que eu faço ? É tão dificil gostar de alguem que teu proprio pai repudia, diz que nao vai dar certo nunca ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nossa... é muito complicado essa situação, pois vc deve obediencia ao seu pai. Na minha opinião vc deve conversar com ele francamente e ouvir os motivos que o fazem pensar isso do seu namorado. Os pais na maioria das vezes vê as coisas que não vemos. Portanto, não desconsidere o que ele fale. Procure ouvi-lo, e tente falar com ele o seu lado. A comunicação entre vocês será fundamental para resolver essa questão.
      Vamos colocar nas mãos do Senhor, Ele agirá.
      Tente fazer isso que estou te falando e depois me conte se resolveu.
      Beijos...

      Excluir
    2. Não adianta, eu ja tentei inumeras vezes falar com ele. Inclusive no dia que meu namorado foi na minha casa pra pedir pra namorar comigo ele disse na nossa cara que nao ia dar certo. Que nós podiamos tentar sim, ele nao ia proibir, mas que ele sabia que nao ia dar certo. Eu conheço meu namorado há 5 anos, trabalhamos juntos nesse tempo todo e so agora começamos a namorar, faz 5 meses que namoramos e a cada 2 meses ele arruma uma briga conosco. Não sei se é ciumes, ou algo do tipo, só sei que pra mim ta muito complicado. Eu era muito ligada no meu pai e de certa forma depois que comecei a namorar eu me desliguei um pouco dele porque passo mais tempo com meu namorado. Meu namorado diz que nada que ele (meu pai) fala afeta ele, porque quem tem que gostar dele sou eu e nao meu pai, da mesma forma o meu pai fala, que eu que tenho que gostar do meu namorado ele nao tem obrigação nenhuma, mas enquanto eu tiver na casa dele, as regras sao dele e eu faço o que ele quiser ... Não é facil ouvir isso quando se tem 23 anos e quer viver, porque eu sempre fui caseira, nunca fui de sair e fazer nada e hoje meu namorado me leva pra todo lugar e isso tem tirado a paciencia do meu pai e me incomodado muito porque ele ta achando ruim ... ME AJUDA !

      Excluir
    3. é difícil pra mim dar um conselho nesse caso,pois não conheço seu namorado. Temo que seu pai tenha razão na implicância e que vc esteja cega. Acredito que é melhor você procurar um diretor espiritual. ELe irá te direcionar melhor. Pois eu acredito muito na avaliação que os pais fazem a cerca de nossos relacionamentos, porém, seu pai pode estar sim enciumado. Então... pra mim é complicado.
      Seu namorado erra em dizer que é vc e não seu pai quem tem que gostar dele. Vocês precisam da aprovação do seu pai, como ficará mais tarde no casamento? Ele é seu pai e nada mudará. É preciso que seu namorado se esforce para ganhar o amor de seu pai também.
      Rezarei por vc...

      Excluir
  4. Sou consagrada a Virgem Maria, e vivo caindo na carne com meu namorado que tbm é escravo. Nos amamos, vamos às missas,rezamos (mais eu do que ele, pois ele trabalha) faço novenas, enfim. A sexualidade pode ser doença? Eu tento tanto, é tão difícil, depois que acontece eu choro,sofri, e é bem em seguida, choro sozinha no banheiro. Preciso de ajuda, pois eu tenho muitos dons, graças a Deus sou muito usada por Ele, tenho é vivo experiências lindas com a Virgem Maria e minhas Santas de devoção. Pro uso ser reta em tudo, aspirar as virtudes de Nossa Senhora, mas aí tudo é perdido quando eu Caio, e caio feio. Me machuco, feridas se abrem em mim, já pensei em terminar meu namoro pois eu peço ajuda ora ele, mas sei lá, ele tenta e desiste na primeira hora que nos beijamos.Estou assinando meu passa porte para o inferno. Eu até mortificação como os santos faziam, eu procuro fazer, sabe? Estou sofrendo muito! Peço que rezem por mim, e por meu namorado. Salve Maria Imaculada

    ResponderExcluir
  5. Então,eu cometi um pecado mortal (castidade), após a confissão posso voltar a comungar normalmente?

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito do blog, muito bom mesmo! Que Deus continue inspirando ainda mais em suas publicações!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. QUE BOM PAULO!!!! OBRIGADA!!! DEUS ABENÇOE!

      Excluir
  7. Olá ! olha me chamo Rayane tenho 16 anos e pequeei contra castidade tenho uma vida sexual ativa sendo no namoro e toda vez que eu ter relaçao tenho que me confessar pra comungar ?
    Obs. nao consigo ficar sem comungar meu coraçao é capaz de pular quandp vejo a eucaristia !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não consegue ficar sem Jesus ou sem sexo???
      Disse que tem vida sexual ativa, mas o coração pula quando vê a Eucaristia?
      Não entendi!
      Sexo fora do casamento é pecado grave irmã. Se não se arrepende, não adianta buscar os sacramentos.

      Excluir
  8. Ola, gostei muito dá sua post! Tenho grandes dúvidas a respeito da castidade, me converti a menos de 1 ano(meu noivo também), namoro a 6 anos, sou noiva a 2 anos estamos construindo nossa casa e planejamos casar em 2018, temos relação sexual desde que começamos a namorar, porém éramos afastados dá igreja e não "sabíamos" que não podíamos comungar vivendo no pecado, hoje que já temos esse conhecimento estamos fazendo catequese e o crisma,porém me pergunto sempre se caso agente se confesse poderemos comungar ? Ou teremos que parar de ter relação ?

    Parabéns pelo blogs
    Que Deus continue te iluminando!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. irmã,olha só: VOCÊ VAI E CAI NUM BURACO CHEIO DE LIXO, CONSEGUE SAIR E SE LAVAR. FICA LIMPINHA, PASSA UM PERFUME CARO,AÍ VOLTA LÁ NO BURACO E CAI DE NOVO. MAS NÃO VAI MAIS TOMAR BANHO, VAI SÓ PASSAR O PERFUME. DÁ CERTO ISSO?

      O lixo é o pecado contra castidade. O banho é a confissão, o perfume é a Comunhão.

      Entendeu?

      Acha que dá pra continuar rolando no lixo e usando perfume caro?

      A Palavra de Deus diz que quem comunga em pecado, comunga sua própria condenação. Pecado mortal só é apagado pelo arrependimento e confissão. NÃO HÁ OUTRO CAMINHO.

      Beijos... paz e bem... não desista da caminhada!

      Excluir
  9. Vivi 2 anos e 10 meses um namoro Santo, porém com muitas tentações ate que nao eramos fortes o suficiente para enfrentar e caímos, nao me abalei no começo mais agora estou meio frustada. Poxa, aguentamos quase 3 anos e agr sabemos que não somos fiéis o suficiente. Eu me afastei mt da igreja devido aos meus estudos e tal creio w seja um dos motivos. Nao sei oq devo fazer, se devo me confessar, porem tenho medo de fazer de novo. Seu texto me motivou a ir me confessar mais ainda n estou segura. Oq faço? ��

    ResponderExcluir
  10. Namoro a 1 ano e à exatamente seis meses cai na tentação é pequei contra a castidade, meu namorado n frequenta a igreja só vai a missa quando chamo ele, antes disso já cometia outro pecado que era o dá masturbação. Sempre fui católica fiz primeira comunhão e sou crismada, canto no coral e nos ministérios de música infelizmente n tenho sido nada fiel a Deus e me sinto suja por isso, mesmo que eu explique ao meu namorado ele n vai entender, pra ele é uma coisa normal ter relação em.um namoro, como ele disse um vez que quando duas pessoas se gosta de verdade nada impede, eu tenho 18 anos e ele 20 eu sou muito ingênua as vezes, ele é mais vivido do que eu, e tem mais "experiência" em relacionamentos enquanto eu é o primeiro que dura firme o primeiro namoro foi coisa de adolescente tinha só 14 e ainda gostava de assistir desenho (assisto até hj), eu sei que ele fala em ter um futuro cmg,fala em casamento e n duvido do que ele sente por mim só que isso tá me sufocando e me deixando mal, n quero terminar com ele pq eu amo muito mas n quero viver no pecado, fazer ele mudar de ideia vai ser uma coisa difícil, sei que n devo comungar mais quando n vou a fila dá comunhão meu padrinho me questiona bastante e isso me deixa mal pra caramba, n quero deixar de cantar, acho que as vezes estou ali em vão... Eu sei que estou errada mas n sei o que fazer!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você percebe que o pecado está te deixando assim... triste? Agora se você fica mal imagina o Senhor...
      A castidade no namoro tem um propósito: TE PROTEGER. Quando Deus diz que sexo só no casamento é porque quer que o amor seja livre. Vc e seu namorado não estão amando estão se usando. Usar é contrário de amar.
      Agora fica a pergunta: Você tem medo do seu namorado terminar se caso vc proibi-lo de te usar? Você não acha que se caso ele terminar com vc era sinal de que não te amava?
      Quem ama não usa. Quem ama espera!
      Tem outra coisa: Você é uma serva do Senhor, precisa testemunhar. Será cobrada por isso. Não teme o julgamento de Deus?
      O Espírito Santo já colocou em você o arrependimento, agora deixe ele colocar o temor. A força de vontade pra sair dessa vida vai vir quando você se decidir!
      Não precisa deixar de cantar. Precisa deixar de pecar contra castidade, precisa lutar para não cair em pecado mortal. Esse é o caminho irmã.
      Deus e Nossa Senhora irão te ajudar. Somente decida-se!!!
      Beijos... rezarei por vc!

      Excluir
  11. Há quase dois anos iniciei um namoro com um rapaz pelo qual me dediquei bastante, o tempo curto de 4 meses que convivi com ele me virou completamente a cabeça e a minha vivência dentro dá igreja o tanto que me dediquei a Deus e deixei tudo de lado por uma paixão, pois hoje sei que não existia amor. O pecado que carrego comigo tira a minha paz, não sabia que não podia participar da comunhão e isso me deixou ainda mais triste. Tenho 20 anos e não me vejo feliz nem no presente e nem no futuro convivendo com essa culpa, o arrependimento me consome.

    ResponderExcluir
  12. Oi sou casada, casei na igreja, mais antes de casar eu pequei contra a castidade, e casei com o mesmo rapaz que pequei. Depois de 10 anos de casada voltei a me confessar, estou fazendo catequese para crisma. Posso comungar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Busco ser casta com meu namorado. Às vezes conseguimos, outras caímos.
      Busco a confissão quando erro... mas me entristeço porque sei da vontade de Deus .

      Mas tenho uma dúvida...
      Gostaria de entender porque um homem só é bom se ele cumpre a castidade. Não existem homens bons e justos, que amam profundamente sua companheira e a Deus, que buscam uma família, etc... e que, discordem da castidade?

      Veja:
      Meu namorado tem muitas qualidades, me ama demais, tenta viver a castidade comigo. É um bom homem, justo e que planeja uma família.
      Além disso, ele busca e gosta da missa. Ele mesmo diz que se considera um amigo de Deus.

      Agora me diz "vale a pena terminar um namoro promissor só porque um homem bomc que te trata bem e justo (que ama e teme a Deus de sua maneira) só porque não concorda 100% com a castidade?

      Será que Deus não tem misericórdia e não veja meu namoro de forma posiiva só por causa desse fato?

      Existem homens castos que não são justos... todos temos defeitos.

      Fico pensando "vale a pena sacrificar algo que pode dar certo por causa disso?

      Deus mesmo diz que não podemos julgar os outros ou entrar em divergências desnecessárias.
      Nós não vemos o sexo como algo mundano. Vemos como algo que faz parte. Tentamos deixar para viver isso no mometo certo. Mas, as vezes, parece que quando erramos, ou caímos em tentação o namoro não vai dar certo.

      E acho isso errado! Porque condenar uma coisa que tem tantos pontos positivos? Porque punir-se tanto se há misericórdia de Deus?
      Se Deus disser "a união de vocês não está prejudicada por isso. Vocês tentam... vocês me buscam... cair em tentação não fará que o casamento de vocês sena ruim"

      Entende?
      Me ajudem... sou católica mas Deus me fez uma pessoa questionadora...

      Excluir
    2. Vou escrever um artigo com suas questões legítimas. Mas vale um artigo inteiro, pois suas questões podem responder muitas outras irmãs.

      Excluir
    3. https://blogparaprincesas.blogspot.com.br/2017/08/terminar-o-namoro-so-porque-ele-nao.html

      Excluir

Obrigada por deixar seu comentário, ele é muito importante pra nós! ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...