quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

30 anos e solteiro!

Tenho certeza que na sua época de colegial, nas suas conversas com os amigos da escola, quando surgia o assunto sobre casamento, era unanimidade entre homens e mulheres que todos queriam se casar até os 25 anos. Casar aos 30 era algo impensável. Chegar aos 30 sem ao menos estar namorando, era o fim!





Essa mentalidade foi instalada em nós pois a geração dos nossos pais se casavam entre 20 a 22 anos e a geração dos nossos avós ainda mais cedo, entre 15 e 19 anos.

Antigamente, quando alguém se tornava “adulto” a família logo se preocupava em arranjar um casamento, hoje não. Os tempos mudaram e as prioridades também. Atualmente as pessoas querem entrar na faculdade, se formar, se estabilizar profissionalmente, estruturar financeiramente e a partir dai procurar alguém para casar.

Quando estamos próximos a completar a nossa terceira década de vida, parece que a ficha começa a cair que quase metade da vida já se foi, então surge aquele senso de “urgência”. E uma das coisas essenciais que você tinha na sua vida não aconteceu, o casamento.

Mas ser um quase “trintão” também tem suas vantagens.  A pessoa nessa idade já está resolvido profissionalmente, tem estabilidade financeira e emocional, nessa fase provavelmente já deve ter tido uma experiencia de namoro, assim teoricamente terá maturidade suficiente para resolver os conflitos de uma relação...

Com toda a vivência é certo que ao chegar nessa fase, você também tenha se tornado uma pessoa exigente em se tratando de relacionamentos. Talvez tenha criado muitas expectativas, adquirido manias, regrinhas e geralmente quer exigir que os outros as cumpram. Cuidado que isso pode te fazer uma pessoa amarga, frustrada e chata. Ninguém quer uma pessoa com essas características.

Uma dica, deixe o outro te surpreender com aquilo que tem dentro de si. Não tente fabricar ou pré moldar o outro.

É necessário também fazer sua parte, invista em você, deixe suas chatices de lado, se esforce para ser simpático, reconcilie-se com seu passado, seus traumas e medos, perdoe as pessoas que te machucaram, procure se curar interiormente...isso te fará uma pessoa mais sociável.

Depois de todo esse processo, você não pode esquecer de rezar...reze pedindo a Deus que te mostre o propósito de você ainda estar solteiro, mesmo tendo a vocação para o matrimonio. A resposta pode não vir na hora, as vezes plantamos oração e colhemos silêncio. Mas é essencial que esteja sempre atento as manifestações d’Ele, talvez você ainda esteja em processo de lapidação.

O importante é não perder a esperança, pois ela é a certeza de que Deus tem sempre o melhor para nós. Quem não tem esperança não tem motivação para viver.
A esperança faz com que aquilo que parece ser o fim tome as cores de uma nova possibilidade. Então, chegar aos 30 anos não é o fim, mas o começo de uma nova etapa.
Não se desespere, não mantenha seu foco na ausência, mas nas promessas de Deus. Talvez você esteja mais perto do que nunca da pessoa que o fará feliz.





PS: Criamos um grupo no whatsapp que tem sido uma benção.
Venha participar e partilhar com a gente.






 Paz e bem!

5 comentários:

  1. Manter o foco nas promessas do Senhor, sempre!
    Excelente texto. Deus abençoe! :)

    ResponderExcluir
  2. Quero participar do grupo! E pq vcs nao estão respondendo os comentários?

    ResponderExcluir
  3. Qual eh o número do whatsapp?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá princesa... por favor mande seu numero de telefone na nossa pagina do face que iremos te add no grupo... bjs
      https://www.facebook.com/BlogParaPrincesas?fref=ts

      Excluir

Obrigada por deixar seu comentário, ele é muito importante pra nós! ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...