quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Vai casar??? E A FESTA????

Vai casar? E a festa?
Ahhh a festa não pode faltar!

Está em alta agora contratar uma assessoria, pois é tanta coisa pra pensar e organizar... quantas pessoas serão convidadas, qual será o tipo de festa, a decoração, as refeições, os doces, as bebidas,(ahh muito importante ter bastante bebida para o povo ficar bêbado) lembrancinhas, música (pode tocar de tudo, afinal é festa), uma apresentação de dança dos noivos (alguma que seja diferente da tradicional valsa é demais!) e que tudo seja perfeito.

NÃOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!! SOCORRO SENHOR!!!!!!!

Noiva, quando você se casar não se esqueça de levar pra festa seu cristianismo!
Muitas noivinhas estão se esquecendo do Senhor logo que saem da Igreja e vão para a tão sonhada festa!

Não se esqueça de que Jesus tem que ser o alicerce do seu matrimônio, senão vocês estão trabalhando em vão.
Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a constroem. (Salmo 126,1)
E se Jesus é aquele que edifica, favor não deixá-lo do lado de fora na hora da festa!

A começar pela modéstia das noivas... que decote é esse? Que transparência é essa? Pra que esse vestido colado desse jeito? E essas costas de fora?
O que você pretende com esse vestido imodesto?
Ahhh o que é bonito tem que se mostrar! NÃAAO!!! O que é bonito tem que ser guardado para seu marido, deixa pra mostrar mais tarde na lua de mel, tá?!
Isso vale também para as madrinhas e convidadas.
Minha dica para você que é noiva, acompanhe de perto a escolha das suas madrinhas e fale com elas sobre a importância da modéstia, caso elas não saibam.
Em tudo sê princesa!

Fui em um casamento de um rapaz que trabalha comigo, gostei muito da cerimônia pois o padre falou bastante sobre a importância do casal estar aberto a vida e que isso era um compromisso que fazemos ao nos casar.
Chegamos na festa confesso que pensei: já sei... pouca comida, muita bebida, chega o casal, vídeo com várias fotos e depois brindes e danças.
Me surpreendi.........
Foi uma festa diferente.
Apesar de ter bebidas alcoólicas percebi que não era a prioridade daqueles garçons embebedar o povo, e as músicas FORAM TODAS SELECIONADAS PELOS NOIVOS.
Nenhuma música pornográfica, indecente ou de duplo sentido.

Eu fiz questão de perguntar aos noivos sobre as músicas, pensei que fosse um DJ diferenciado, mas não, eles fizeram questão de não deixar Jesus envergonhado com as músicas que costumam tocar nos casamentos.

Mas uma pena... não é sempre assim.

E a prova disso foi um vídeo muito assistido na internet de uma noiva dançando "Bang-Anitta" na festa de casamento.
Vi muitas irmãs compartilhando o vídeo desejando reproduzir tal dança em seu casamento.

:( .... momento de silêncio....

Já reparou no que diz a letra dessa música?

"Vem na maldade, com vontade
Chega, encosta em mim
Hoje eu quero e você sabe que eu gosto assim
E, pra te dominar
Virar tua cabeça
Eu vou continuar
Te provocando
E, pra escandalizar
Dar a volta por cima
Não vou parar, até te ver
Pirando"

Já reparou na coreografia?
 


Você realmente acha que condiz a uma princesa que em qualquer dia, mas especialmente no dia em que está recebendo um sacramento, coloque sua bundinha pra cima e requebre diante de seu marido e toda sua família e amigos???

Não princesa, isso não é radicalismo bobo, isso é a verdade. E nós precisamos acordar pra ela!
As pessoas precisam enxergar Jesus em nós, precisam ver o Evangelho em nossas vidas.

Tem condições financeiras para festejar seu matrimônio? Faça! Mas sem se esquecer que antes de tudo vocês são cristãos. E o que o mundo espera de nós são atitudes que condizem com nossa escolha!

Ainda não vi uma festa de casamento com cara de princesa do Senhor, mas se você conhece me mande algumas fotos para dar dicas aqui. 
Minha sugestão é que converse com as meninas do Atelier de Maria, elas fazem festas personalizadas com temas católicos, cada uma mais linda que a outra. Com certeza poderão te ajudar a fazer uma festa digna de princesa e príncipe.
Os contatos deles (dê uma olhada que lindo esse trabalho): 
http://maosdemaria.blogspot.com.br/
https://www.facebook.com/maosdemaria

Paz e bem...

Curta nossa página: https://www.facebook.com/BlogParaPrincesas/
Se inscreva em nosso canal: https://www.youtube.com/user/blogparaprincesas
Meu instagram: https://www.instagram.com/fabiana_meloribeiro/



sábado, 19 de dezembro de 2015

Casamento em chácaras, salões, praias... é lindo???

Se você está noiva já sabe... o tempo vai ficar curto, a correria começa: convites, vestido, curso de noivos, festa, padrinhos, decoração, fotógrafos, músicos, etc.... Haja detalhes e dinheiro né?!
Pois é... o casamento se tornou algo que praticamente gira em torno do dinheiro. :(
Todo mundo quer se casar como naquele vídeo no youtube, todo noiva sonha com seu dia de princesa e quer tudo "perfeito".
Algumas querem se casar ao ar livre, numa chácara, praia, salão bem decorado. Musicas românticas, internacionais que é mais chique. O vestido, o mais lindo do universo, com um decote bem lindo que mostre bem o formato do corpo, afinal você fez tanta dieta para estar linda, tem que mostrar seu corpo. A "tendência" agora é a transparência. Vá e arrase!
A festa? Ahhh não pode faltar. Tem que ser linda, bem decorada, buffet maravilhoso, DJ ou até uma banda e se não tem dinheiro financie. Use o dinheiro da poupança até porque casamento é uma vez só né?!
NÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! SOCORRO MEU DEUS!!!!!!!!!!!!!!!

Deixa eu te perguntar: O QUE É O CASAMENTO? QUAL É DE FATO O SIGNIFICADO DO MATRIMÔNIO?
O matrimônio é um sacramento (como o batismo, eucaristia, confissão), e sacramento significa sinal eficaz da graça de Deus.
O casamento não é uma aventura nem um “tiro no escuro” como dizem alguns; é, sim, um projeto sério de vida a dois, no qual cada um está comprometido em fazer o outro crescer, isto é, ser melhor a cada dia. Se a esposa não se torna melhor por causa da presença do marido a seu lado, e vice-versa, então o casamento deles está sem sentido, pois não realiza sua primeira finalidade. Enfim, o casamento não é para “curtirmos a vida a dois”, egoisticamente; ele existe para vivermos ao lado de alguém muito especial e querido que queremos construir. É por isso que se diz que “amar não é querer alguém construído, mas, sim, construir alguém querido.” (Prof Felipe Aquino - livro sereis uma só carne)

Agora que já sabe o básico do que é o casamento, quero te fazer outra pergunta:
Para se casar você precisa de tudo isso que o mundo diz?
O que de fato precisam?
Qual a motivação para se gastar rios de dinheiro em uma festa?

Conheço um casal que entrou nessa onda de dia dos sonhos e usou o dinheiro que guardaram pra dar de entrada na casa e fizeram a "festa dos sonhos". São casados há anos e ainda pagam aluguel, tudo por conta do dinheiro que gastaram na festa. Será que valeu a pena?

Vamos então ao principal assunto de hoje: Casamento fora da Igreja.
Ahh que lindo aquele casamento que vi na chácara, no salão... foi tão lindo!
Não tenho duvida da beleza estética, mas esse tipo de casamento não é permitido!

Segundo as normas da Igreja, (Cân. 1118, § 1 do Direito Canônico):
O Sacramento do Matrimônio deve ser celebrado na própria Igreja Paroquial de um dos Noivos, ou em outra Igreja ou Oratório provisionado pelo Bispo para a celebração do Culto Religioso.

Trata-se de um Sacramento, ato religioso solene, que faz parte da vida da Igreja. Por isso o Direito Canônico sublinha a importância de celebração num lugar sagrado, onde se manifesta principalmente a vida de fé e de oração do povo cristão. Portanto:

O matrimônio deve ser celebrado somente nas Matrizes e Capelas provisionadas.
É proibido em clubes, hotéis, sítios, chácaras, fazendas e locais de lazer ou recepção.
Caso você deseje casar em um local fora da Igreja, e tenha um bom motivo para isso (e é preciso um excelente motivo), você tem uma possibilidade muito, mas muito pequena. Para isso, você deve solicitar ao bispo da sua diocese essa possibilidade e é bom ter “o” motivo, porque em geral 99,9% dos pedidos são recusados. Se ele liberar seu casamento fora da Igreja então tudo bem.

Agora se o bispo fizer o trivial rejeitando seu pedido em casar fora de uma igreja, e ainda assim o padre, ligado a Igreja Católica Apostólica Romana desobedecer ao bispo diocesano, veja o que pode ocorrer com ele:

O Sacerdote, ou Diácono, que assistir o casamento, ou der bênção nupcial ou qualquer outra bênção que possa criar interpretação de casamento em locais impróprios, pode ser suspenso de Ordem, isto é, fica proibido de exercer seu ministério sagrado.
E quem fizer isso por dinheiro, incorre no reato de Simonia, pelo qual pode ser punido com interdito ou com suspensão de Ordem, à norma do Cânon 1380 do Direito Canônico.
E o Sacerdote, ou Diácono, que sugerir essas práticas de casamento a leigos, também incorre na mesma pena.

E o que a Igreja quer fazer com isto?

Ela quer preservar o sacramento que precisa ser respeitado! O Matrimônio é um sacramento indissolúvel! E para tal, deve acontecer dentro de uma Igreja ou capela, na qual acontecem celebrações litúrgicas (missas). É algo que é selado por Deus e precisa acontecer na Casa de Deus!
#simplesassim

Uma vez uma prima brigou comigo... ela postou no face que estava muito irritada com o Padre que não queria fazer o casamento da filha dela na chácara. Ela escreveu palavras de revolta e até ofensas, dizendo que esse era um dos motivos das pessoas abandonarem o catolicismo.
Eu fui tentar explicar o motivo da proibição e ela só não me bateu porque estávamos separadas pelo virtual. kkkkk...
Ela me excluiu e bloqueou e depois tive noticias que me xingou. kkkkkk....
É minha gente... quem fala verdade perde amizade!

Vi num blog desses que ajudam as noivas prepararem os casamentos, a dica para escapar da lei da Igreja, se prepare para o absurdo (a íntegra do que a blogueira escreveu):

Hoje a dica é sobre a cerimônia religiosa fora da igreja. Muitos casais, como meu noivo e eu, optam por fazer a cerimônia e festa de casamento no mesmo local. A grande dúvida é, e agora, quem será o padre? Pode? Como funciona? No meu caso, sou católica e vou contar um pouco da minha experiência.
Padres de Igreja Católica não celebram casamentos fora da paróquia, isso é lei, para casar na Igreja Católica Apostólica Romana, a cerimônia deve acontecer dentro de uma igreja (ou templo, capela, etc. reconhecido por eles). Os padres dessa igreja são proibidos de celebrar casamento fora da Igreja. Porém, uma coisa que eu não sabia é que existem ramificações da Igreja Católica Apostólica Romana que possuem regras internas diferentes, como a Igreja Ortodoxa, uma ramificação da católica,  por sua vez, têm padres que podem levar o tom religioso e a figura do padre para sua cerimônia seja ela onde for, mas seu matrimônio não terá registros na igreja católica e sim, na ortodoxa, que, de forma geral, segue os mesmos preceitos da igreja católica com pequenas modificações.
Pensando nisso, tomamos a decisão de fazer todo o processo na igreja católica do bairro que moramos (tem encontro de noivo, proclames, documentação toda regularizada), só que antes da data de casamento no salão de festas, nós vamos fazer uma celebração íntima na igreja (só é preciso a presença dos pais e noivos para receber o sacramento) e no dia da festa celebramos de novo(aí sim tem uma completa). Dica: caso vá fazer isso, o ideal é procure a igreja correspondente ao local que mora, pois caso faça em outra igreja pagará uma taxa de transferência de paróquia.
Enfim, ao ar livre, sem a presença dos padres, os casamentos podem ser celebrados por outros representantes religiosos ou, então, por juízes de paz, reverendos, celebrantes ou qualquer pessoa que saiba falar de amor para celebrar a união. Estas pessoas realizam a cerimônia do jeito que você quiser, tradicional ou não, cerimônia ecumênicas e até com efeito civil – sem precisar de um juiz de paz.
Se a ideia é apenas essa, ouvir palavras que abençoem o casal, mas sem valor, necessariamente, documental, vá fundo e pesquise. Vai ser lindo e abençoado de qualquer jeito!

Eu fiz questão de grifar para que perceba que o centro do casamento deles não é o Senhor. Não se importam com o que diz a Igreja e com o significado do matrimônio. Querem apenas fazer suas vontades, se preocupam com tudo....e o mais importante que é Jesus fica de fora. :(
E são muitos os "católicos" que vivem assim.

Isso sem falar naqueles que só procuram a Igreja quando querem se casar. Vão lá se casam e voltam só para batizar o bebê com a motivação errada também. Isso é muito triste, mas acontece.

Está noiva? Vai se casar?
Que Jesus seja o centro e tudo mais vos será acrescentado!

Se é católica, sua ideia é essa: receber o sacramento do matrimônio! Então vá em frente com Jesus no centro de tudo, aí sim vai ser lindo e abençoado!!!


Paz e bem...




Curta nossa página: https://www.facebook.com/BlogParaPrincesas/
Se inscreva em nosso canal: https://www.youtube.com/user/blogparaprincesas
Meu instagram: https://www.instagram.com/fabiana_meloribeiro/

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Por que quero ficar brava com ele? "Perdoando o marido."

Quer saber algo que aprendi ao longo desses anos de casamento?
Um casamento vitorioso é a união de dois perdoadores. O perdão anda de mãos de dadas com o amor.

Já reparou que ficar brava com o marido é mais fácil que perdoar? A raiva me justifica e me consola depois de uma discussão ou ofensa. Se eu permaneço irada não abro espaço em minha mente para reconhecer minhas falhas. E por isso tantas vezes fechamos nosso coração para o perdão.

Se você é casada como eu sabe que grandes discussões geralmente não tem grandes motivos. No dia a dia brigamos por poucas coisas, tem mulheres que enfrentam grandes desafios, mas geralmente o motivo fútil leva a ressentimentos e mágoas.
As coisas que nos fazem guardar rancor vão desde palavras ditas sem pensar, ações sem intenção de ofender, esquecimento de datas importantes, promessas não cumpridas, criticas demais... até ofensas com palavrões, um caso emocional, pornografia, adultério, abusos.

Quando alguém de fora nos ofende é triste, mas é bem pior quando isso vem do esposo, pois ele está ali sempre perto, e até dorme na mesma cama. A única forma de perdoar quer seja por coisas pequenas ou grandes é recorrer ao Senhor que é misericórdia!

A primeira coisa que precisamos é enxergar nossas misérias. Sempre penso na oração do Pai Nosso: "perdoai nossas ofensas ASSIM COMO NÓS PERDOAMOS."
Se pensar nisso, no quanto precisamos ser perdoadas, fica muito mais fácil decidir pelo perdão. Sim DECIDIR. Pois perdoar não é um sentimento e nem um milagre sobrenatural, É DECISÃO!
É muito forte essa frase da oração que condiciona o perdão de Deus para o quanto eu perdoo. Você diz: "me perdoe assim como eu perdoo." Pense nesse instante em como você tem perdoado...
.......

A segunda coisa é ser proativa no perdão. Como assim?
Ser proativo é agir antecipadamente. Na hora da discussão ou briga, perdoar é a última coisa que você deseja então aconselho a perdoar antes de precisar.
Eu acho a parte mais difícil do casamento essa questão do perdão, porém, fundamental. Então quero deixar algumas dicas para ser proativa no perdão que tem me ajudado. Aprendi num livro que estou lendo:

A primeira dica é não criar expectativas a respeito do outro. Olhe para ele com misericórdia tendo em mente que ele erra, vai errar com você e vai em algum momento te decepcionar, e assim prepare seu coração para perdoar a pequenez e a miséria do seu marido.
A segunda é ótima: quando sinto que algo que ele fez me magoou saio pra fora e pego algumas folhas na árvore e fecho bem em minhas mãos, vou soltando no chão aos poucos dizendo: "Senhor, tu vês meu coração e sabe que estou ressentida por aquilo que o Ricardo me fez, agora estou abrindo mão dessa mágoa, dessa raiva, eu abro mão de ficar presa a essa ofensa!"

"Um homem sábio sabe conter a sua cólera, e tem por honra passar por cima de uma ofensa." Prov 19,11

Por fim quero te encorajar a substituir a raiva por oração. Algo milagroso acontece quando rezamos por quem nos ofende, isso acontece porque quando oramos Deus nos enche com o Espírito Santo de amor e  passamos deixar esse amor crescer em nosso coração. E num coração que ama não há espaço para falta de perdão!

É difícil perdoar mas com certeza o pecado sexual do marido é pior, é mais duro. No ato sexual entregamos mais que o corpo, entregamos tudo, e saber que seu marido se envolveu assim com outra mulher não é fácil. Por isso deixo agora essa história (real) que li em um livro, para que você como ela você possa superar:

Connie decidiu estabelecer na mente sua decisão de perdoar colocando em prática seu perdão de uma forma bela. Foi isto que aconteceu:
Eu tremia quando pedi a meu marido que ficasse em pé a minha frente. Tirei todas as suas roupas e, com um frasco de óleo aromático, ungi o corpo dele.
Toquei sua testa: perdoo sua mente por pensar nela.
Toquei seus ouvidos: perdoo seus ouvidos por ouvi-la.
Toquei suas mãos: perdoo suas mãos por tocá-la.
Toquei todas as partes do seu corpo, até chegar aos pés: perdoo seus pés por andar em volta dela.
A medida que as palavras me vinham à boca, lágrimas jorravam por minha face. Enchi-me de alívio. O passado finalmente ficara pra trás para nós dois.
Força princesa!

Nenhum esforço é demais quando se trata de salvar sua família!
(Padre Léo)





Paz e bem...

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

As 4 peneiras do amor

Que saudade minhas princesas!!!!!!!!!!!!!!!
Olha só a situação que me encontro... meu bebê (está com 4 meses) dormiu e meus dois filhos maiores estão na casa da vovó. Corri, dei uma limpadinha na casa e cá estou escrevendo. :)
Queria muito partilhar com vocês o que aprendi no congresso on line sobre afetividade e sexualidade, amor autêntico. Espero que vocês tenham assistido ao menos alguns dias. Estava muito rico em formações.
Eu assisti e anotei tudo o que achei importante, sou dessas, você raramente me verá em algum retiro ou formação sem um caderninho. Tudo o que escrevemos aprendemos melhor.
Fiz um "resumão" pra vocês.
Vamos lá...

As 4 peneiras do amor

A teologia do Corpo de São João Paulo II nos ajuda a entender melhor o sentido da sexualidade humana. E a partir delas, e do ensinamento do Papa Paulo VI, é possível eleger “4 peneiras”, isto é, “4 crivos”, para saber se meu amor é  realmente autêntico.
O formador Fernando Gomes disse que essas peneiras respondem todas as nossas dúvidas sobre imoralidade sexual. 

Por que devo viver castidade?
Até onde ir no namoro?
Que tipo de carícia é permitida no namoro?
Porque não fazer sexo fora do casamento?
Por que ficar é pecado?
Por que masturbação e sexo anal é pecado?
Etc......

Esse artigo te responderá:

O amor entre o casal é chamado a ser expressão do amor de Deus por nós e do amor de Cristo pela Igreja.
A imagem que mais aparece nas Escrituras é a do homem e da mulher enquanto casal, Deus usa assim para nos falar de amor.
A Bíblia começa e termina com um casamento:o primeiro o casamento primordial de Adão e Eva e por último o casamento escatológico entre Cristo e a Igreja.
Toda história da salvação deve ser lida pela ótica do amor esponsal.
Amar com palavras, mas também com atitudes, pois nosso corpo fala, e não posso mentir com minha linguagem corporal.

Eis as 4 peneiras para você que quer viver o amor autêntico que são também características do amor de Deus:
LIVRE - FIEL - TOTAL - FECUNDO

LIVRE: "Ninguém me tira a vida a dou livremente" Jo 10,18
O verdadeiro amor é livre. Quando amo assim me livro de ciúmes, escravidão sexual, dependência afetiva, defraudação emocional e medos, pois meu amor deixa o outro livre e me faz livre também. 
Por exemplo, quando alguém é viciado em masturbação, pornografia, adultério e não consegue abandonar a prática é escravo e por isso não pode amar.
Você é livre?
Se não consegue dizer "não" que força terá seu sim?
Outro exemplo é afetivamente, quando a pessoa vive numa dependência afetiva e pensa em morrer se ficar sem o outro, ou vive com ciúmes e medo de perder, isso também não pode ser amor. Pois o verdadeiro amor é livre! Somente uma pessoa que tem consciência da sua importância e dignidade deixa o outro livre para escolher ficar ou ir embora.

FIEL: "Eis que estarei convosco até o FIM." Mt 28,20
O verdadeiro amor é fiel. Assim como Jesus foi! Nos momentos mais difíceis, Ele não desistiu.
Quando amo assim permaneço firme na minha decisão e amo com fidelidade ao outro, a Deus e a mim mesmo com os propósitos que fiz.

TOTAL: "Tendo amado os seus, os amou até o fim!" Jo 13,1
O verdadeiro amor é total, é pleno e para sempre.
Que maravilha ser amado dessa forma, total, plena e eternamente.... que maravilha poder amar assim, e sim, é possível. Deus quer nós conseguimos. 
Quando amo totalmente estou preparada para perdoar e recomeçar se preciso for.

FECUNDO: "Eu vim para que todos tenham vida e vida em abundancia." Jo 10,10
O verdadeiro amor gera vida.
O amor de Deus por nós gera vida, nosso amor também deve ser assim. Meu amor não pode ser fecundo senão estiver aberto a vida. 


Todas as vezes que vier a sua cabeça alguma duvida sobre o amor que tem vivido, passe por essas peneiras que conseguirá identificar se seu amor é autêntico.


Obs.: O congresso ainda está disponível pra quem quiser adquirir:



Paz e bem...









sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Modéstia - Uma visão masculina.

Princesas!

Não vou falar de nenhum assunto que seja novidade, a Fabiana e a Louise já falaram incansavelmente sobre a modéstia, mas dessa vez escrevemos esse artigo através de um olhar masculino.

Como homem, eu queria esclarecer como de fato, nós somos afetados pelo modo “sexy/vulgar” que algumas mulheres se vestem...calças jeans super justas, cintura baixa, blusinhas decotadas e mega apertadas, camisetas que deixam a mostra parte de seus sutiãs aqui ou ali. E esse modo de se vestir não se restringe apenas nas escolas, faculdades, festas, trabalho mas também dentro da igreja. Triste realidade né?!



Por muitas vezes me questiono, qual será o motivo pra tanta exibição?!
Estão tentando ser atraentes?! Estar na moda?! Buscam atenção?! Querem se afirmar como mulheres sedutoras?!

O certo é que dessa forma, dificilmente conseguirão um homem que as honrem e respeitem. Se o seu objetivo é encontrar um homem com essas características, é necessário que você reconheça a sua dignidade perante Deus, a modéstia no modo de se vestir, no falar, nos pensamentos e nas ações.

Essa maneira sensual de se vestir provoca nos homens vários pensamentos sexuais, o estimulo visual é o suficiente para isso. A visão do corpo feminino, ainda que seja pequena e a moça desconhecida, pode despertar em nós esse instinto.
É certo que as mulheres também se sentem atraídas por homens bonitos, mas não são afetadas visualmente na mesma intensidade.
As mulheres que usam esse tipo de roupa, despertarão momentaneamente a vontade do homem de “usá-la” sexualmente e não de amá-las pelo que de verdade são.

Sim, os homens são culpáveis por alimentarem esse tipo de pensamento, mas aqueles decentes (príncipes)  querem evitar esse tipo de situação que os conduzem a essa forte tentação, assim esperamos que as mulheres nos ajudem através da prática das virtudes e no uso de roupas modestas.

Não deixe com que as revistas, novelas, filmes, celebridades, ditem as roupas que você deve vestir, a maneira de se comportar para conseguir um namorado ou esposo. Não exiba seu corpo para encontrar homem algum.

Acredito que a maior parte das mulheres querem ser amadas e valorizadas pelo que são interiormente e não pelo seu visual, querem ser amadas por um homem sincero, puro e virtuoso. E se você está buscando isso, a melhor maneira para se conseguir é sendo o tipo de princesa que nós procuramos e que vocês também querem que sejamos. Desenvolvendo as qualidades e virtudes essenciais e as demonstrando por meio das palavras, ações, roupas, nos ajudará no reconhecimento do seu real valor. Vou te dizer, existem muitos homens bons por aí que também buscam por isso, por uma princesa que se vista modestamente como sinal de pureza, que evidencia seu valor e respeito e dignidade ao lidar com seu corpo.

Como homem, quero terminar dizendo que aprecio as mulheres que se esforçam para se vestir de maneira santa. Conheço várias princesas atraentes mas que se vestem de maneira que as suas virtudes brilham muito mais que seu corpo, mostram que são respeitáveis, que tem uma fortaleza interior, um coração puro e o desejo de se guardar para seu futuro esposo. Admiráveis né?!

Ao terminar de ler esse post, reflita:
O que as suas roupas dizem de você mesma?!
Qual mensagem você quer passar quando posta aquela foto de biquini?!

Nós, homens, contamos com vocês!

1 Pedro 3:3-4


“Não são as coisas exteriores como penteados exagerados, braceletes de ouro ou roupas finas que devem ser usadas por vocês para que se tornem bonitas. Pelo contrário, a beleza de vocês deve vir de dentro e deve consistir de um espírito manso e tranqüilo. Esta beleza nunca se perde e tem grande valor diante de Deus.”

sábado, 3 de outubro de 2015

Blog para princesas em missão - III Talita Cumi

Até que enfim venho contar pra vocês hoje uma grande graça que recebemos em maio deste ano.
ALELUIA, ALELUIA!!!!

Em março recebi um convite por e-mail para conduzir um retiro para mulheres em Cornélio Procópio no Paraná. O Guilherme (fundador da comunidade Revestidos da Força do Alto) me explicou que uma irmã (Luciana) de comunidade dele era minha leitora e tinha visto nossas pregações pela internet. Era o terceiro retiro que leva o nome de TALITA CUMI.
Eu fiquei muito feliz com o convite, disse SIM e falei com meus irmãos de missão.
A partir daí este retiro estava em todas as minhas orações. (TODAS mesmo!)

Aos poucos o Senhor foi me mostrando o que queria para as mulheres que lá estariam. Nos reunimos algumas vezes para rezarmos e montarmos o roteiro do retiro.

Confesso que me batia um medo as vezes, medo de não dar conta, medo da viagem, da estrada, medo de não estar na vontade do Senhor.
Mas a Palavra diz o que o amor lança fora o medo, e o amor de Deus e o amor pela obra nos impulsionava.

Foram grandes as provações que enfrentamos, e por diversas vezes pensava... "será que é da vontade do Senhor?"
Mas eu confiei que se não fosse da vontade d'Ele não iriamos dar um passo sequer.

Me lembro que em nossa última reunião (estávamos, eu a Juliana, Louise, Dani e o Frank), nós não conseguíamos rezar, via um misto de nervoso, medo e desânimo em todos eles. Naquela noite eu praticamente rezei sozinha e fui pra casa com muito medo. Mas guardei pra mim.
Até para acertar detalhes práticos da viagem foi difícil.
Eram 520 km de viagem e eu deixei de coração apertado meus dois filhos com minha tia (Susana). Eu sabia que ela cuidaria bem, mas é duro ficar sem eles. E eu com quase sete meses de gestação super sensível e melindrosa.

Vocês precisavam ver nosso medo e nervoso na viagem de ida. Quando encontrei meus irmãos no posto e olhei pra eles, me assustei... mas com certeza minha expressão também não estava diferente.

Perdemos duas vezes na ida e chegamos em Cornélio dia 01 a noite, fomos recebidos com muito carinho e um jantar delicioso. Que comunidade maravilhosa!!!

O retiro começou no sábado dia 02/05 a tarde. Foram duas pregações a primeira foi sobre o papel da mulher (assista aqui) e a segunda falei sobre sexualidade no casamento. A noite tivemos Missa e adoração ao Santíssimo. Bençãos que nem sei contar!!! Muitas curas e libertações aconteceram porque Deus é maravilhoso!

No domingo dia 03 o retiro começou com a Santa Missa e depois teve a pregação da Louise sobre a dignidade da mulher (assista aqui) e o momento mariano.

O Senhor tinha pedido dois momentos especiais... para a adoração que fizéssemos uma oração direcionada para mulheres e seus papéis, e no momento de Maria que fizéssemos uma oração por cada mulher em seu estado civil pela intercessão de Maria.

Princesas.......... vocês não imaginam como Deus falou conosco. Nossa Senhora esteve presente naquele lugar e rezamos por cada mulher, casadas, solteiras, viúvas, divorciadas e por fim fizemos a consagração de nosso útero a Maria.

Ahhh que lindo ver a ação do Espírito pela intercessão de nossa mãezinha do céu. Foi benção!!!

Depois voltamos cheios do Espírito Santo com uma vontade renovada de seguir nessa missão.

Deixo aqui meu agradecimento especial aos meus irmãos de missão: Louise, Rosana, Juliana, Frank, Dani e nossos motoristas: Ricardo e Felipe

E minha grande gratidão pela comunidade que nos convidou e acolheu com tanto amor e carinho:

Guilherme e Thais
Vicente e Luciana
Diego e Luciana 
Ana Paula
E as crianças.. Rafael Maria, Tereza Maria, Emanuel, Samuel, Gabriel e a mais nova Maria Lucia.

MUITO OBRIGADA à todos. Lembrando que mais pessoas colaboraram para que o retiro acontecesse.
Obrigada também a você princesa que esteve conosco esses dias!

Abaixo algumas fotos:
Gabriel, Luciana, eu e minha mãe Rosana


Frank, Dani e Juliana




 
























Todas as princesas que participaram do III Talita Cumi

]
Thais e eu

Eu, Luciana(minha primeira leitora de Cornélio) e o Samuel, no cantinho da foto a Dani

Meu esposo Ricardo e a linda Tereza

Dani, Lu, eu, Vicente, Rosana e Ricardo


Thais, Ana, Vicente e eu

Gabriel

Rosana, Guilherme, eu e o Ricardo




Família abençoada que nos acolheu:
Rosana, Tereza Maria(no colo), Juliana, Rafael Maria(no colo), Ricardo, Frank, Guilherme(fundador da comunidade), Thais (esposa do Guilherme) e eu.





Louvo à Deus pela vida de vocês!!!
O amor de Cristo nos uniu!

Segurou a mão da menina e disse-lhe: Talita cumi, que quer dizer: Menina, ordeno-te, levanta-te! E imediatamente a menina se levantou e se pôs a caminhar. Eles ficaram assombrados. (Mc 5,41s)
Paz e bem...

Assista se inscreva em nosso canal e compartilhe:




  

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Solteira com propósito

Propósito é aquilo que se pretende alcançar, é uma finalidade.
Então hoje escrevo para você que está solteira, mas............ vive por aí se lamentando e sofrendo (mesmo que escondido de todos).

Vejo um povo na Igreja pregando para solteiros sobre esperar, (que benção) mas as vezes o discurso não ajuda em nada quem está sofrendo as demoras de Deus. Como por exemplo: "Ahhh Deus te ama e te preencherá!"
Sim!!! Eu creio que só Deus basta! Mas vá dizer isso para aquela pessoa que tanto deseja uma companhia, um abraço, um beijo, um amigo(a), um namorado(a).... a pessoa que sofre a falta disso se irrita demais com essa frase: "Só Deus basta!". Porque as vezes ela está em Deus e mesmo assim sente solidão.

Na Teologia do Corpo, São João Paulo II fala da solidão como algo necessário as vezes e fala que Deus também está ali.
Adão esteve na solidão mesmo no paraíso com Deus ao seu lado.

Não se irrite com o pregador que diz "só Deus te bastará!" Quando falamos isso estamos dizendo que o amor de Deus te completa ao ponto de trazer equilíbrio para sua afetividade, para suas emoções.
Quando me sinto completa por esse amor de Deus estou afetivamente equilibrada para me relacionar e não faço do outro o centro da minha vida.

O amor de Deus não me isenta da solidão (as vezes necessária), mas me protege do desequilíbrio emocional.
Esperar em Deus é ter esperança.

A primeira coisa que você solteira precisa é deixar amor do Pai te completar.
A segunda é viver seu tempo de solteira com propósito!!!
Dê uma finalidade para sua vida nesse tempo.

O solteiro cuida das coisas que são do Senhor, de como agradar ao Senhor. O casado preocupa-se com as coisas do mundo, procurando agradar à sua esposa. A mesma diferença existe com a mulher solteira ou a virgem. Aquela que não é casada cuida das coisas do Senhor, para ser santa no corpo e no espírito; mas a casada cuida das coisas do mundo, procurando agradar ao marido.  (ICor 7, 32-34)

São Paulo nos diz nesse texto que o tempo de solteiro é perfeito para que você cuide das coisas do Senhor. Está aí um grande propósito para seu tempo de solteira!

Enquanto está solteira cuide das coisas que são do Senhor.

Se ainda não tem um chamado, um ministério, um grupo, uma pastoral, peça ao Espírito Santo que te revele para viver seu tempo de solteira com propósito!

Princesa solteira como anda sua vida, suas escolhas? Vamos dar uma finalidade para esse tempo?

Princesa solteira é princesa com propósito!

Mande-nos um e-mail ou deixe seu comentário dizendo como anda o propósito de sua solteirice. ;)

Paz e bem...



Curta nossa página: https://www.facebook.com/BlogParaPrincesas
Inscreva-se: https://www.youtube.com/user/blogparaprincesas
Contato: blogparaprincesas@hotmail.com


terça-feira, 15 de setembro de 2015

Sou uma mulher chata???

A Bíblia diz em Provérbios 21,9.19:
É melhor morar habitar num canto do terraço do que conviver com uma mulher impertinente.
Melhor é habitar no deserto do que com uma mulher impertinente e intrigante.
27,15s:
Goteira que cai de contínuo em dia de chuva e mulher briguenta, tudo é a mesma coisa. Querer retê-la, é reter o vento, ou pegar azeite com a mão.

Impertinente é alguém rabugento e mal -humorado ou seja, chato e reclamão!

E então eu lhe pergunto, porque será que a Palavra faz questão de direcionar a nós mulheres o possível defeito da impertinência?
No livro de Provérbios o pecado da ira é atribuído ao homem e o da impertinência a mulher.
Será que é porque as vezes somos chatas e reclamonas demais?

Uma mulher, Dra. Laura Schlessinger fez enquetes com homens casados para escrever seu livro "Do que os homens gostam", e descobriu que a reclamação universal dos homens é que a esposa criticava, reclamava e implicava demais, que complicava e raras vezes elogiava.

Pensar nisso está me fazendo rever minhas atitudes. Pois não quero que meu marido prefira o canto de um terraço, um deserto, ou ser como uma constante goteira. E você?

Reparando em mim pude ver o quanto fico insatisfeita com coisas pequenas e o quanto o irrito quando expresso minha insatisfação boba.
Por exemplo... ele me ajuda a limpar a casa, mas não gosto da maneira como ele faz certas coisas, ao invés de elogiar os pontos positivos do trabalho prestado para nossa família eu enfatizo o erro. Aí começa a nascer a mulher impertinente de provérbios.

Esses dias ele chegou em casa insatisfeito com o trabalho, triste e desanimado. Vi então uma oportunidade de ser diferente. Comecei a levantá-lo daquele estado de desânimo e falei (com muito custo) o quanto o admiro pelo profissional que ele é. Honesto, esforçado, inteligente e dedicado. Disse o quanto me orgulhava dele. Ahhh minha gente, parece que foi o santo remédio que ele estava precisando.
No outro dia ele voltou para a mesma situação no trabalho mas chegou aqui em casa outro.
Aprendi que posso e vou conseguir deixar de ser essa mulher chata e impertinente.

Li em um livro a história de uma mulher que foi a um conselheiro com páginas de reclamações contra o marido. Depois de horas ouvindo sem interrompê-la ele fez a pergunta:
- Se seu marido é tão ruim, por que se casou com ele?
Imediatamente ela respondeu:
- A principio ele não era assim.
Ele perguntou:
- Quer dizer que ele ficou assim porque se casou com você?

É claro que não estou aqui querendo dizer que se seu marido é difícil a culpa é sua, mas quero te fazer olhar por outro lado.
Ninguém casa para ser infeliz, você se casou porque queria fazer esse homem que hoje é seu marido feliz, estou certa?
Os defeitos dele que antes desapareciam em meio a tantas qualidades agora se tornam insuportáveis. Aí então você reclama, e pode me dizer: "tenho o direito de reclamar!"
Mas deixa eu te dizer algo...

Quando reclamamos de nossos maridos, estamos na verdade murmurando contra Deus que foi quem nos uniu!
É muito sério isso!
Fazei todas as coisas sem murmurações nem críticas,a fim de serdes irrepreensíveis e inocentes, filhos de Deus íntegros no meio de uma sociedade depravada e maliciosa, onde brilhais como luzeiros no mundo, a ostentar a palavra da vida. Dessa forma, no dia de Cristo, sentirei alegria em não ter corrido em vão, em não ter trabalhado em vão. (Fil 2, 14-16)
Vamos à pratica para deixar de ser essa mulher impertinente de Provérbios?...
Estou lendo um livro, que em breve conto a vocês, que propõe esses passos e achei muito interessante:

1º Entregue suas reclamações a Deus
Antes de sair falando com ele ou sua mãe, amigas, familiares, redes sociais, ponha seus murmúrios diante do Senhor. Eu sugiro que vá a um Sacrário e se não puder faça em casa mesmo sozinha. Diga para Deus tudo o que te irrita no seu marido. Fale como se fala com um amigo.

2º Aceite seu marido
Em Romanos 15,7: Por isso, acolhei-vos uns aos outros, como Cristo nos acolheu para a glória de Deus.
Aceite-o porque Cristo te aceita! A falta de aceitação resulta em duas coisas: A esposa tenta mudar o marido, ou ela se torna impertinente.
Ou seja, ambos resultados fracassados.
Não é fácil, mas o Senhor te concederá essa graça!

3º Mude sua oração para TRANSFORMA-ME ao invés de TRANSFORMA-O.
Seja você a mudança que tanto quer ver nele. E peça ao Senhor essa transformação.

4º Dominar a língua para não mais reclamar


O livro de Provérbios cita dois tipos de mulher, a impertinente e a virtuosa:

Uma mulher virtuosa é a coroa de seu marido, mas a insolente é como a cárie nos seus ossos. (12,4)
Uma mulher virtuosa, quem pode encontrá-la? Superior ao das pérolas é o seu valor. Confia nela o coração de seu marido, e jamais lhe faltará coisa alguma. Ela lhe proporciona o bem, nunca o mal, em todos os dias de sua vida. (31,10-12)

Qual das duas você decide ser?

Em tudo sê princesa!!!

Paz e bem...


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...