quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Como se veste uma princesa?

Acompanho algumas páginas no face que trata sobre a modéstia feminina. Elas ensinam a importância de imitar nossa mãe Maria, e dão dicas sobre como se vestir puramente e modestamente. Me alegro com a riqueza da minha Igreja que tem um lugar para cada tipo de pessoa. Apesar de não achar que vestir calças seja errado, ou me afaste do modelo que sigo que é Maria e outras mulheres de Deus.

Mas não precisamos de observar muito para perceber que muitas mulheres cristãs não sabem se vestir, ou não sabem se comunicar. Pois a roupa que visto faz parte daquilo que quero comunicar.

Me lembro de um dia ter visto um rapaz (perdoe-me a indelicadeza das palavras) enfiando a mão na bunda de uma moça. Ela revoltada se vira para reclamar mas ele se foi como se nada tivesse feito.
Eu fiquei indignada com a cena. A vontade que tive era chamar a polícia. Olhei pra ela como se meu olhar pudesse ajudá-la, mas me vi sem saber o que fazer diante de tamanha agressão. Depois o rapaz se aproxima novamente e fala algo no ouvido dela, e sai. Por coincidência ele veio em minha direção e eu disse pra ele: você agrediu aquela moça, merecia estar preso, já que sua mãe não te ensinou a respeitar as mulheres, alguém precisava ensinar.
Ele riu e disse: olha a roupa dela.... ela tava pedindo! 
Eu indignada tive vontade de bater nele. Mas saí de perto e fui falar com a moça. 
Preste atenção: Não acho que a roupa que ela estava vestindo faça com que a culpa seja dela. Não é isso! Mas muitas vezes nos comunicamos de forma errada e somos agredidas sem merecimento. A culpa é daquele homem que não tenho adjetivo suficientemente baixo para descrevê-lo, mas ela também precisava abrir os olhos para a comunicação através de sua roupa.
Ela vestia um vestido todo colado e bem curto.

Falei pra ela o que já contei aqui, que a forma com que me visto comunica o que quero, mas muitas vezes não comunica o que eu sou.
Fiz ela refletir sobre a maneira de se comunicar com os outros através de suas roupas.
Imaginem só se você chega num hospital e a médica vem te atender de top e shortinho? O que você pensa? Que ela no mínimo não é médica. Pensa que é pegadinha.
E se no banco as atendentes estiverem com roupas velhas e de chinelos? O banco perde sua credibilidade com os clientes.
E por aí vai...

A roupa faz parte da comunicação. É simples entender isso. Agora não tem sido fácil viver.

Estava na Missa e quando vejo na procissão da oferta uma mulher com um vestido parecido com esse:

Estava tão curto que com uma mão ela segurou o cálice de vinho com a outra ela abaixou o vestido para subir no altar que tinha degraus.
Fiquei chocada e logo pensei: no final vou falar com ela. (sim, eu sou assim. Penso que o cristão que vê algo errado e se omite podendo ajudar, peca)

Outro dia estava no grupo e chega uma moça com legging e uma camiseta baby look com estampa de Jesus misericordioso. Nota 10 para a camiseta desde que vestisse uma calça ou saia que não fizesse com que ela estivesse totalmente exposta. Ela correu o sério risco de levar os homens que ali estavam para bem longe de Deus, sendo que a intenção dela era totalmente o contrário.
Ou seja, uma linda princesa passando a impressão de uma mulher fácil.

Eu estou certa de que a legging é o mal das mulheres cristãs. Porque ela pensa que está se vestindo adequadamente, por ser coberto e confortável, quanto na verdade dependendo como se usa, antes estar de biquíni.
Veja isso:







Além de extremamente feio é vulgar! 
Tive a certeza do mal da legging na jornada mundial da juventude, onde andávamos muito e por isso as princesas colocavam essas calças por causa do conforto, mas esqueciam de que é preciso colocar uma blusa comprida e mais larguinha para estar dentro da modéstia cristã. E até mesmo da moda.
Olha só a diferença:



Princesas lindas, antes de vestirmos aquela legging dê uma olhada em um espelho de corpo inteiro e se pergunte: Maria, sairia assim?
Peçamos ao Espírito Santo o discernimento para nos vestir adequadamente.
Eu sei que não é fácil, porque a moda e as lojas não ajudam quem quer viver a Palavra, mas Deus nos ajudará.


Porque fostes comprados por um grande preço. Glorificai, pois, a Deus no vosso corpo. (I Cor 6,20)
Porque roupa é também comunicação.



O sangue real corre em minhas veias após a comunhão. Portanto, eu sou uma princesa!    (Santa Faustina)

Paz e bem...



8 comentários:

  1. Adorei o post Fá.. fica a dica para nós princesas nos avaliarmos antes de sair de casa, afinal o queremos é passar uma imagem real de princesa que somos... q Nossa Senhora nos dê dicernimento!!!!

    ResponderExcluir
  2. Adorei o artigo Fabi!

    Principalmente a parte da leggin. Achei que fosse a única que me sentia mal se não usasse uma blusa tapando atrás. Muito bacana o artigo.

    Beijos
    Daiana V. Lopes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o duro é que nem todas se sentem mal, e caem no erro da vulgaridade! Por isso precisamos falar sobre isso com as nossas amigas, nas catequeses e grupos.
      Bjs...

      Excluir
  3. É isso ai Meninas, vestir-se bem e com pudor é muito importante, para mostrar na aparência quem somos: Cristãs, filhas do Senhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. somos valiosas demais para sermos expostas né?! Bjs...

      Excluir
  4. tenho uma duvida sobre namoro santo, se vocês puderem me responder: Se a pessoa não sente que tem vocação para o matrimonio, qual caminho que ela deve seguir? deve viver em castidade ate ´fim da vida?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São tantas as vocações... mas se ela sente que não é vocacionada ao matrimônio deve antes procurar a pastoral vocacional em sua diocese, eles tratam sobre vocações e acompanham as pessoas nessa busca pela vocação.
      Mas se tem certeza de que não é o matrimônio viverá sim em castidade, pois o sexo é reservado aos casados, fora do casamento o sexo perde seu sentido e finalidade. Algo tão lindo se torna barato e banal.
      Aconselho a quem estiver na duvida pedir ao Senhor um direcionamento, e procurar os encontros vocacionais.
      O mais difícil na vida cristã não é viver a castidade e sim a obediência!
      Bjs... paz e bem!

      Excluir

Obrigada por deixar seu comentário, ele é muito importante pra nós! ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...