terça-feira, 29 de outubro de 2013

É errado ter relação sexual mesmo tendo certeza que vou casar?

Pergunta: Mas temos que esperar mesmo que demore muito até que ocorra o casamento? Namoro há quase cinco anos e não irei casar pelo menos daqui há cinco anos... Ou seja terei uns 28 anos... Amo o meu namorado e penso que ele sente o mesmo, é errado ter relação sexual mesmo tendo basicamente certeza que iremos casar?   (anônimo)

Amei sua pergunta..... amo quando dúvidas assim aparece, porque com ela outras pessoas passando a mesma situação podem entender.
Vamos lá....

Quando Deus em Sua Palavra e a Igreja em seu catecismo diz: "NÃO" para alguma coisa, temos que entender o por que.
Para isso primeiro precisamos entender a finalidade do sexo: "UNIR E PROCRIAR"
A bíblia diz que o matrimônio me faz um só corpo com o outro, e que o ato sexual é a confirmação dessa unidade.
Olha que lindo o que Deus fez:
Nos une em um sacramento que é selado com o sexo.
O sexo é mais que um ato de prazer, ele tem o poder de unir, e não somente o corpo na hora do ato, e sim de unir almas.
Na Bíblia está escrito:
Ou não sabeis que o que se ajunta a uma prostituta se torna um só corpo com ela? Está escrito: Os dois serão uma só carne (I Corintios 6,16)
 Aí podemos ver que o sexo nos faz um só com o outro independente se há amor ou não.
Podemos perceber então o quão sério é o sexo. Mas aí você disse: "amo meu namorado, tenho basicamente a certeza de que iremos casar."

Ter basicamente a certeza não te faz casada, não podemos desprezar algo que foi instituído por Deus que é o sacramento do matrimônio. 
Deus pensou na família, quis que Jesus viesse de uma família. Até satanás sabe da importância da família, por isso trabalha tanto para destruí-la.

As pessoas do mundo vêem o casamento só como algo bonito, fazem festa, gastam muito dinheiro, tiram fotos belíssimas, as mulheres vivem um dia de princesa, tudo muito lindo e glamouroso... mas casamento NÃO é isso! Casamento é vocação, é sacramento, é benção de DEUS!!! É o nascimento de uma família!!!

E quando penso que posso ter relação sexual com meu namorado porque um dia vou casar, estou destruindo esse sacramento com meu desprezo, e me entregando a alguém que não sei se vou me casar. Porque ter a certeza de que vai não é garantia de nada, e mesmo se fosse a Igreja diria "não", porque Deus diz "não"!!! 

Não é pecado porque Deus é malvado, e resolveu nos tirar aquilo que é bom. Devemos entender que tudo que é pecado nos destrói! É por isso que sexo no namoro é pecado!
As pessoas precisam aprender que o sexo diz para a outro: “Eu me entrego inteiro a você de corpo e alma”Se o sexo diz isso, que sentido tem eu ter uma relação sexual com a pessoa e depois me levantar e ir para minha casa? Há então aí uma divisão de corpo e alma, e, quando há divisão de corpo e alma nós damos o nome a isso de morte. (Padre Paulo Ricardo)
O sexo só tem sentido completo quando vivido no matrimônio, porque essa doação e entrega de corpo e alma está ligada ao sacramento!!!

Ou seja, com a benção de Deus pelo matrimônio posso me entregar ao meu esposo, caso contrário o sexo perde o sentido e se torna destrutivo.

Como assim destrutivo??? Basta olhar para o mundo....
Divórcios, abortos, adolescentes grávidas, filhos abandonados, crianças sendo criada por avós, mulheres e homens totalmente destruídos emocionalmente, traumas, etc...

Outra coisa que acontece muito... a finalidade do sexo é também a procriação. Estão preparados para terem esses filhos agora? Porque muitos são os que querem fazer sexo no namoro, mas poucos os que tem condições de assumir os filhos.
Aí então começa a acontecer a destruição da família!

Outra questão que você coloca é o tempo.

Eu, Fabiana, não entendo o motivo de um namoro durar 10 anos. Namoro é tempo de conhecer, e não se demora tanto pra conhecer o outro assim. 
Me casei com 21 anos, se tivesse namorado 10 até hoje estaria esperando o casamento. Eu não consigo entender. Mas são tantos motivos que podem fazer com que um casal namore tanto tempo... cada caso é um.

Conheço casais que não se casam porque não tem dinheiro pra festa, ou que sua prioridade não é essa. Isso é defraudação emocional.
Como não sei o motivo de tantos anos de namoro, espero que esse motivo seja da vontade de Deus, se for, digo pra você o que está na Palavra:

"Sofre as demoras de Deus; dedica-te a Deus, espera com paciência, a fim de que no derradeiro momento tua vida se enriqueça." (Eclo 2,3)
"Para tudo há um tempo, para cada coisa há um momento debaixo dos céus" (Ecle 3,1)
"Todas as coisas que Deus fez são boas, a seu tempo. Ele pôs, além disso, no seu coração a duração inteira, sem que ninguém possa compreender a obra divina de um extremo a outro." (Ecle 3,11)

Poderia citar mais diversos benefícios da castidade (vou escrever sobre alguns deles). Mas creio que o Senhor falará no coração de vocês. O Espírito Santo irá te mostrar que a vontade do Senhor é boa, perfeita e agradável. Vocês chegarão ao altar daqui a cinco anos que seja, dizendo: VALEU A PENA ESPERAR!!!!!!!!!!!!! E nós Igreja responderemos: GLÓRIA AO SENHOR!!!

Uma família linda, e edificada sobre a rocha nascerá!

Paz e bem...



quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Como se veste uma princesa?

Acompanho algumas páginas no face que trata sobre a modéstia feminina. Elas ensinam a importância de imitar nossa mãe Maria, e dão dicas sobre como se vestir puramente e modestamente. Me alegro com a riqueza da minha Igreja que tem um lugar para cada tipo de pessoa. Apesar de não achar que vestir calças seja errado, ou me afaste do modelo que sigo que é Maria e outras mulheres de Deus.

Mas não precisamos de observar muito para perceber que muitas mulheres cristãs não sabem se vestir, ou não sabem se comunicar. Pois a roupa que visto faz parte daquilo que quero comunicar.

Me lembro de um dia ter visto um rapaz (perdoe-me a indelicadeza das palavras) enfiando a mão na bunda de uma moça. Ela revoltada se vira para reclamar mas ele se foi como se nada tivesse feito.
Eu fiquei indignada com a cena. A vontade que tive era chamar a polícia. Olhei pra ela como se meu olhar pudesse ajudá-la, mas me vi sem saber o que fazer diante de tamanha agressão. Depois o rapaz se aproxima novamente e fala algo no ouvido dela, e sai. Por coincidência ele veio em minha direção e eu disse pra ele: você agrediu aquela moça, merecia estar preso, já que sua mãe não te ensinou a respeitar as mulheres, alguém precisava ensinar.
Ele riu e disse: olha a roupa dela.... ela tava pedindo! 
Eu indignada tive vontade de bater nele. Mas saí de perto e fui falar com a moça. 
Preste atenção: Não acho que a roupa que ela estava vestindo faça com que a culpa seja dela. Não é isso! Mas muitas vezes nos comunicamos de forma errada e somos agredidas sem merecimento. A culpa é daquele homem que não tenho adjetivo suficientemente baixo para descrevê-lo, mas ela também precisava abrir os olhos para a comunicação através de sua roupa.
Ela vestia um vestido todo colado e bem curto.

Falei pra ela o que já contei aqui, que a forma com que me visto comunica o que quero, mas muitas vezes não comunica o que eu sou.
Fiz ela refletir sobre a maneira de se comunicar com os outros através de suas roupas.
Imaginem só se você chega num hospital e a médica vem te atender de top e shortinho? O que você pensa? Que ela no mínimo não é médica. Pensa que é pegadinha.
E se no banco as atendentes estiverem com roupas velhas e de chinelos? O banco perde sua credibilidade com os clientes.
E por aí vai...

A roupa faz parte da comunicação. É simples entender isso. Agora não tem sido fácil viver.

Estava na Missa e quando vejo na procissão da oferta uma mulher com um vestido parecido com esse:

Estava tão curto que com uma mão ela segurou o cálice de vinho com a outra ela abaixou o vestido para subir no altar que tinha degraus.
Fiquei chocada e logo pensei: no final vou falar com ela. (sim, eu sou assim. Penso que o cristão que vê algo errado e se omite podendo ajudar, peca)

Outro dia estava no grupo e chega uma moça com legging e uma camiseta baby look com estampa de Jesus misericordioso. Nota 10 para a camiseta desde que vestisse uma calça ou saia que não fizesse com que ela estivesse totalmente exposta. Ela correu o sério risco de levar os homens que ali estavam para bem longe de Deus, sendo que a intenção dela era totalmente o contrário.
Ou seja, uma linda princesa passando a impressão de uma mulher fácil.

Eu estou certa de que a legging é o mal das mulheres cristãs. Porque ela pensa que está se vestindo adequadamente, por ser coberto e confortável, quanto na verdade dependendo como se usa, antes estar de biquíni.
Veja isso:







Além de extremamente feio é vulgar! 
Tive a certeza do mal da legging na jornada mundial da juventude, onde andávamos muito e por isso as princesas colocavam essas calças por causa do conforto, mas esqueciam de que é preciso colocar uma blusa comprida e mais larguinha para estar dentro da modéstia cristã. E até mesmo da moda.
Olha só a diferença:



Princesas lindas, antes de vestirmos aquela legging dê uma olhada em um espelho de corpo inteiro e se pergunte: Maria, sairia assim?
Peçamos ao Espírito Santo o discernimento para nos vestir adequadamente.
Eu sei que não é fácil, porque a moda e as lojas não ajudam quem quer viver a Palavra, mas Deus nos ajudará.


Porque fostes comprados por um grande preço. Glorificai, pois, a Deus no vosso corpo. (I Cor 6,20)
Porque roupa é também comunicação.



O sangue real corre em minhas veias após a comunhão. Portanto, eu sou uma princesa!    (Santa Faustina)

Paz e bem...



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...