terça-feira, 30 de abril de 2013

A droga mais perigosa: O ÁLCOOL

Hoje quero falar sobre algo que não mostra os hits sertanejos nem passa nas propagandas de cervejas...


 
Quero falar sobre a droga mais perigosa que existe: O ÁLCOOL!

O que vemos nas propagandas: mulheres bonitas, semi-nuas, homens engraçados, todo mundo muito feliz. Geralmente o cenário é de praia, piscina ou lugares cheio de gente bonita e feliz. Nunca mostram bares sujos, cheio de bêbados, com aquela felicidade falsa como vejo aqui perto de casa e muito menos acidentes de trânsito.

Saio de casa para trabalhar as seis da manhã, e esses dias vi um homem sentado na porta do bar esperando abrir. Imagina a que ponto chega a pessoa? Que doença maldita é essa?! E isso não mostra nos comerciais.

De 48 artistas famosos do gênero sertanejo, apenas 7 não possuíam nenhuma música abordando a temática (bebedeira), e 85% das duplas abordam o assunto em pelo menos uma canção. (pesquisa feita por Mariana Lioto em seu mestrado)
O trabalho de Mariana catalogou 243 letras de sertanejos que citam bebidas, ex.:
É meu defeito, eu bebo mesmo
Beijo mesmo, pego mesmo
E no outro dia nem me lembro.
É tenso demais!”
Trecho de ‘É tenso’, de Fernando & Sorocaba
Minha princesa, bebe cerveja
Sobe na mesa e pira o cabeção
Cara metade minha alma gêmea
Eu sou cachaça ela é meu limão
Trecho de 'Tipo Fiona' 
Essa daí que bebe e sobe na mesa, pode ser tudo menos princesa! Não é?! rsrsrs...

A versão apresentada pelos comerciais e músicas são completamente diferente da realidade.

Sou filha de alcoólatra e só de escrever isso passa um filme na minha cabeça de coisas tristes que vivi até hoje.
Meu Pai bebe desde adolescente, quando ele conheceu minha mãe estava sóbrio lutando contra essa doença, e minha mãe se casou sem saber disso.
Aí você deve saber como é alguém bêbado... chato, fala demais, fica sem graça, ri a toa, alguns ficam mais amorosos, abraçando, beijando, amando o mundo, outros ficam agressivos, e só de olhar querem briga e chegam a extremos de violências, outros ficam distantes, repetem a mesma coisa o tempo todo, ficam escandalosos e etc... Fora a tristeza que é quando passam mal.
Meu Pai é do tipo que fica chato, falando o tempo todo, e as vezes suas palavras magoam. Mas o mais triste é vê-lo bêbado, passando mal, com dificuldades pra andar, com aquele olhar... :'(

Ele é um homem muito responsável e trabalhador, admiro muito a força que ele tem. É alegre, engraçado, muito prestativo, ajuda muito quem precisa dele. É um avô muito paciente e amoroso. Mas a bebida destrói tudo isso. É como se olhasse nos olhos dele e lá estivesse outra pessoa.
E quando falo que alcoolismo é doença que exige tratamento, ele não reconhece que está doente, diz que não é viciado. O que é comum em muitos.

Por ser uma droga socialmente bem vinda, e encontrada tão facilmente (até em festas e quermesses na Igreja), as pessoas tem dificuldade em reconhecer e admitir a doença.

Qualquer um (mesmo sendo menor de idade) pode comprar bebida alcoólica, ela faz parte da festa. Ou melhor ela é a festa! Algumas pessoas não conseguem festejar se não estiverem bebendo.
É como se o álcool fosse a felicidade, e estar bebendo fosse "tudo de bom"! Como é triste ver isso.... :( E agora embalados pela música é lei: festa tem que ser regada a muita bebida!

Nunca ouvi uma música relatando as inúmeras doenças causadas pelo alcoolismo, que vai desde impotência sexual até câncer. (saiba mais) Nunca vi um comercial de cerveja mostrando homens e mulheres perdendo o controle de seu próprio corpo, chegando a dormir pelas ruas e até sofrendo violências. Não contam nessas músicas o sofrimento da família, não mostram filhos chorando escondido ao ver seu pai ou mãe chegando bêbados, ou lidando com a ausência deles.
O que não te contam é que hoje você bebe por curtição, amanhã pode estar dependente ou até usando drogas mais fortes como cocaína e crack.
Com uma proposta de felicidade e liberdade, ela chega devagar e te aprisiona!


Quando era adolescente achava que o mal estava no casamento. Por ver meu Pai e outros familiares dependentes do álcool, achava que todo homem bebia, então decidi: não iria casar! Depois conheci o Senhor e vi que nem todo homem bebe, então decidi: NUNCA iria namorar com quem bebesse, e assim fiz!

Já ouvi que isso é trauma e que beber não faz mal desde que não seja vicio (o que é verdade). Mas como a linha entre o beber socialmente e a doença é tão curta e imperceptível resolvi radicalizar. Casei com um homem que não gosta e não bebe NADA!!!

Meu marido sofre quando diz que não bebe, muitos ficam zuando dizendo que ele é bobo, pau mandado de mulher, vejo as vezes que ele é até desprezado das rodinhas de homens. GRAÇAS A DEUS, ele enfrenta tudo isso com muita serenidade. Quantas vezes em festas o garçom acha estranho quando recusamos a cervejinha ou outras bebidas alcoólicas. É como se fossemos um "ser de outro mundo"! E preferimos ser assim, do que correr o risco de ver nossos filhos sofrendo.
Meus filhos NUNCA irão ver os pais alcoolizados!!! NUNCA!!! E Deus irá nos ajudar a cumprir isso!

De fato quem não bebe enfrenta a pressão da sociedade, que cada dia mais em busca de liberdade cai nessas armadilhas disfarçadas de coisas boas.

Sabe por que digo que essa droga (álcool) é a mais perigosa?
Porque é vista como curtição, como algo inofensivo, mas é porta de entrada para outras drogas e DESTRÓI famílias!!!

Sim! Destrói famílias!!! A família também fica doente. (clique aqui e leia artigo sobre a família e o álcool)
Se você como eu já teve a grande tristeza de ver alguém que ama bêbado, sabe a dor que é! Acontece em nós um misto de raiva: primeiro da pessoa, depois da droga, até de si mesmo.
Pensava assim: Será que ele prefere o bar porque aqui em casa é ruim? Será que não gosta de mim?
Até o ponto de (com a ajuda de Deus) conseguir enxergar a doença. O que não é nada fácil! Até hoje luto pra conseguir isso!

Precisamos abrir os olhos, enxergar essa droga, lutar contra ela. Não permitir que ela entre em nossas casas e destrua tudo.
Você ou seu marido/namorado, bebe todo fim de semana? Acenda a luz de alerta aí! O álcool precisa ser visto e tratado como uma droga, porque é UMA DROGA!!! Vicia e mata!!!
Sem falar que é pecado:
Os bêbados não hão de possuir o Reino de Deus (I Cor 6,10)
Enquanto a gente aceitar essas propagandas, cantar e dançar essas músicas que promovem o uso dessa droga, enquanto olharmos como algo totalmente inofensivo, ela vai continuar destruindo pessoas e lares.

De que lado você vai ficar?
O que quer para seu casamento?
O que quer para seus filhos?
O que quer para você?

Escolha a verdadeira alegria e liberdade.

Paz e bem...

Para princesas que acham que beber é normal leia aqui.

CURTA NOSSA PÁGINA: https://www.facebook.com/BlogParaPrincesas

4 comentários:

  1. poxa... que forte esse texto. não via a bebida desse jeito. É para pensar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Katia, é exatamente esse o perigo, não ver o mal que ela pode fazer. O pior inimigo é aquele que vem disfarçado de coisa boa! Vamos orar e vigiar né?! Bjs... Paz...

      Excluir
  2. ''Escolha a verdadeira alegria e liberdade''
    Com certeza! Deus abençoe sempre vocês! :D

    ResponderExcluir

Obrigada por deixar seu comentário, ele é muito importante pra nós! ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...